Publicadas as CCTs firmadas com Sindecat e Sintramacon



As Convenções Coletivas de Trabalho (CCT) firmadas entre o Sindicato do Comércio Atacadista do Distrito Federal e o Sindicato dos Empregados do Comércio Atacadista do DF (Sindecat/DF) foram homologadas na última sexta-feira, 19, pelo Ministério do Trabalho. Ontem 22, foi publicada a CCT firmada com o Sindicato dos Trabalhadores no Comércio Atacadista e Varejista de Materiais de Construção no DF (Sintramacon-DF).

Após dois meses de negociação, foi definido que o reajuste salarial será de 4,5% para as demais categorias, drogas e medicamentos e autosserviço. O vale alimentação é de R$ 15,68 para todas as categorias. O piso salarial acordado em todas as convenções é de R$ 1 mil, durante o período de experiência; ao término, para autosserviço e demais categorias, é garantido um salário mínimo de R$ 1.058,59 e, para drogas e medicamentos, R$ 1.095,23. A data-base do setor é em 1º de abril, por este motivo, os reajustes deverão ser aplicados retroativamente.

Em relação à CCT firmada com o Sintramacon, está estabelecido um valor de R$ 937, referente ao salário de ingresso; após o período de experiência, será pago o piso salarial de R$1.053,52. Aos ocupantes dos cargos de motoristas é assegurado um piso salarial de R$1.122,78,  com uma remuneração mínima de R$1.264,22.  O reajuste salarial acordado foi de 4%. O vale alimentação será de R$ 15,50. 

As empresas continuam obrigadas a contratar, às suas expensas, seguro de vida em grupo em favor de todos seus atuais funcionários, independente da idade que possuam. Este ano, mais uma vez, o Sindiatacadista/DF firmará uma parceria com a Corretora Bancorbrás para oferecer aos associados as melhores condições, incluindo todas as coberturas previstas nas CCTs, frente às encontradas no mercado.

O pagamento do adicional de periculosidade do trabalhador em motocicleta ainda depende do trânsito em julgado do Processo n° 8907579.2014401.3400, em trâmite na 14° Vara Federal.

As empresas que desejarem utilizar do Banco de Horas para compensação de folgas estão obrigadas a firmarem acordo coletivo com o Sindecat ou com o Sintramacon, a depender da categoria, conforme preceituam as convenções.

Todas as CCTs estão disponíveis em: http://www.sindiatacadista.com.br/convencoes